Todos nós temos um pouco de alforreca empalhada, apenas precisamos de a libertar!

§Pesquisa na Alforreca

Google

§Alforreca Patrocinada por:

§Empalhamentos Recentes

§ Mudanças

§ Um ano novo a estrear!

§ Ganga Preta!

§ Idade!

§ A tangerina do comboio!

§ Hoje estou triste!

§ Ouch!

§ Gimme!

§ !

§ Delírio na loja da tmn!

§Empalhamentos Antigos

§ Abril 2008

§ Janeiro 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Agosto 2007

§ Julho 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

Sexta-feira, 7 de Setembro de 2007

Adelaide casa comigo!

E continuemos com o relato dos últimos dias!

 

Na terça feira, à semelhança do que aconteceria na quinta, fui às festas de Mem Martins, aquele local deliciosamente banhado pelo cheiro da fábrica das pastilhas Gorila!

O artista anunciado era nem mais nem menos, a Adelaide Ferreira, cantora lusa da qual eu conhecia umas 2 músicas no máximo! No entanto, como concerto grátis é grátis uma pessoa vai e não reclama!

Como tudo neste país, o que está marcado para as nove começa às dez, para toda a gente ter tempo de chegar e para se fazer aquele suspense digno de um Festival Eurovisão da Canção ou similar!

Porém, qual o espanto do povo, quando anunciam que iria haver uma artista a fazer a abertura do concerto! Qual Mónica Sintra, qual Romana, qual Shakira, era nem mais nem menos a Angel, uma super cantora revelação que iria em breve aparecer na televisão! Pelo menos foi isso que o senhor que estava a apresentar disse, eu cá ainda não vi a rapariga na televisão, mas pronto também passou pouco tempo, não posso ser assim tão céptico!

 

A Angel lá cantou, e tentou encantar, mas pronto, quando uma pessoa quer lebre e dão-lhe gato fica um bocado arreliada, e acho que ninguem ouviu em condições a moça....ela por acaso nem cantava muito mal, mas pronto, o povo não estava no mood para a ouvir!

 

Meia hora depois, lá aparece a Adelaide Ferreira, e ai foi o delirio, os gritos, a emoção, o choro e o ranho...ok estou a exagerar, mas as pessoas vibraram!

Vibraram as pessoas, e vibrei eu durante todo o espectáculo dela, nunca pensei que a Adelaide Ferreira fosse tão enérgica, tão brincalhona, tão boa onda! E ainda por cima afinal descobri que conhecia mais canções dela do que pensava, e fiquei a conhecer mais uma data delas que simplesmente adorei, foi mesmo uma noite em cheio!

No entanto, gostava de pedir à Adelaide [sim eu andei com ela na escola e tudo lol] para fazer canções mais animadas, é que as canções são todas bonitas mas se uma pessoa calha a ouvi-las na altura de um desgosto amoroso acaba a cortar os pulsos ou algo do tipo!

 

Tenho também de referir que o povo ficou histérico, e digo histérico mesmo, quando a Luana, filha da Adelaide Ferreira, foi cantar ao palco! Com 10 anos e já com um vozeirão!

Também de salientar o momento do karaoke, onde para representar Mem Martins [palavras da Adelaide] foi escolhida ao acaso uma rapariga do público! Eu a pensar que ia ouvir uma desafinação incrível mas quando a rapariga abriu a boca até o queixo me caiu...que voz meus senhores! Acho que até a Adelaide ficou meio atrapalhada! Devia estar a pensar "raios que a miuda ainda canta melhor que eu"!

 

Para finalizar tenho de dizer que o ponto mais alto de todos os pontos altos da noite, foi naquele momento onde toda a gente cantou a uma só voz cantou o refrão da música "Dava tudo"! Foi mesmo um momento surreal, parece que me fundi com a música e com a alma de todos os que cantavam, só vivenciado!

 

Para verem a biografia da Adelaide Ferreira na Wikipédia cliquem aqui!

Lançado às alforrecas por Estagiário Farmacêutico às 23:32
Link do post | Empalha uma alforreca | Vê os Empalhamentos (2) | Favoritiza a Alforreca

Quero uma boneca de voodoo!

Continuando os relatos dos ultimos dias, na quarta feira foi o dia do jantar de aniversário da Patrícia! Por acaso ela já tinha feito anos alguns dias atrás, mas devido à Senhora Dona Patrícia ser uma pessoal altamente socialite foi de todo impraticável o jantar coincidir com o dia de anos! [E depois dizem que eu é que tenho uma vida social preenchida!]

 

O restaurante escolhido foi o Cosa Nostra no Lourel! A comida é boa, mas naquela noite para mim o atendimento foi péssimo! Só me apetecia levantar da mesa e dar dois açoites ao empregado [nada de pensamentos pecaminosos minha gente] devido à insolência e mau profissionalismo deste...mas pronto lá me acalmei e comi tranquilamente a minha massa com beringela e courgette, que estava bem boa!

 

Óbvio que jantar que é jantar, ainda para mais festa de aniversário, não ficaria completa sem trezentas e quarenta e duas fotos para registar o evento!

 

 

Aposto que a Andreia tinha usado Herbal Essences!

 

 

O grupinho todo!

 

Depois do jantar fomos para a Praia Grande, tomar um cafezinho! Claro que quando descobrimos que no café havia redes, puffs e cadeirazinhas pendentes do tecto [ambiente muito chill out] foi o delírio, seguido de uma batalha verdadeiramente épica para ver quem se sentava onde!

Após bebericarmos as respectivas bebidas alguém teve a ideia de jogar à vidente! Para quem não sabe o que é, a vidente é um jogo onde existe um narrador, um assassino, uma vidente e o resto são camponeses! O narrador constrói a história, onde uma data de camponeses são atacados por um misterioso assassino! O objectivo do jogo é os camponeses [juntamente com o assassino que se faz passar por santo e pela vidente que tenta descobrir quem ele é usando para isso a ajuda do narrador] decidirem entre si quem mandam para a fogueira [de preferência o verdadeiro assassino lol]. Se não acertarem segue-se outra ronda e o assassino ataca de novo, sendo que os camponeses tem de deliberar de novo, esperando-se que desta vez acertem! =P

E aqui entra a boneca de voodoo! Numa das vezes que jogamos, calhou-me a mim ser vidente! Ora como eu sou uma vidente mesmo boa, já que ouvi o cd Bola de Cristal da Mónica Sintra de uma ponta à outra [acho que ela não fez um cd com esse nome mas pronto imaginem que fez], logo na segunda tentativa descobri que era o Vasco o assassino! Obviamente que disse aos meus colegas camponeses que era ele o assassino, mas ninguem acreditou em mim, nem quando eu jurei a pés juntos que era ele o assassino, nem quando eu berrei, arranquei cabelos e ia quase tendo dois ataques cardíacos! Para piorar tudo, o Vasco ainda me matou na ronda seguinte [já estava farto de me ouvir a acusá-lo] e acabou por ganhar o jogo devido ao ar de santo que ele detém!

Juro que se naquele momento tivesse uma boneca de voodoo representando o Vasco tinha-lhe enfiado um alfinete na barriga ou em outro sitio nao vital [para não magoar muito!].

 

Conclusão, jogar à vidente faz mal ao coração!

 

Lançado às alforrecas por Estagiário Farmacêutico às 22:28
Link do post | Empalha uma alforreca | Vê os Empalhamentos (4) | Favoritiza a Alforreca

Regresso com os ouvidos a estalar!

Sim meus caros fãs, estou de volta! Para quem me conhece sabe que eu já voltei à uma data de tempo das minhas férias, só que problemas informáticos adicionados a uma data de coisas para fazer, eventos sociais para ir e principalmente uma preguiça enorme impediram-me de actualizar aqui o meu cantinho!

 

Mas agora que estou com a mão na massa [não, não estou a fazer nenhum bolo, é uma forma de falar] vou contar tudinho o que fiz nestes ultimos dias, isto se a minha bela memória me permitir tal façanha!

 

Começando pelo mais recente, ontem foi mais um dia das festas de Mem Martins, aquele local super chique e in que por acaso tem o privilégio de me ter como habitante!

Após ter comido um super gigantesco algodão doce [oh deus fiquei tão cheio] era altura do concerto! E surpreendam-se, não era nenhum artista do tipo Suzy e as Milho Doce ou Conjunto Percussão Armando Figueiredo e Primos...mas sim os Quinta do Bill!

 

Está bem que eu só conhecia duas ou três musicas deles e nunca dei grande importância ao grupo, mas honestamente gostei bastante da actuação, cheia de energia e som, e ainda por cima eu fiquei mesmo à frente a delirar totalmente, aos saltinhos feito maluco a ver se queimava as calorias acumuladas devido ao consumo desregulado de algodão doce!

 

Gostei, e agradeço à junta de freguesia [espero que seja à junta que tenho de agradecer] o facto de trazer bons artistas para alegrar o pessoal!

 

Para visitar o site dos Quinta do Bill, carrega aqui!

 

 

Lançado às alforrecas por Estagiário Farmacêutico às 18:12
Link do post | Empalha uma alforreca | Vê os Empalhamentos (6) | Favoritiza a Alforreca

§Mais sobre a Alforreca

§Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

§tags

§ todas as tags

§Viagens Alforrecais

§Ajuda a Alforreca

§ Torna-te numa

blogs SAPO

§subscrever feeds