Todos nós temos um pouco de alforreca empalhada, apenas precisamos de a libertar!

§Empalhamentos Recentes

§ Mudanças

§ Um ano novo a estrear!

§ Ganga Preta!

§ Idade!

§ A tangerina do comboio!

§ Hoje estou triste!

§ Ouch!

§ Gimme!

§ !

§ Delírio na loja da tmn!

§Empalhamentos Antigos

§ Abril 2008

§ Janeiro 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Agosto 2007

§ Julho 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

O Jogo das Cadeirinhas

Uhhhh, hoje é o último dia do mês, devia estar a estudar para o teste de quimíca farmacêutica de amanhã, mas não resisti a vir aqui escrever aqui alguma coisinha, passado quase um mês!

 

[Momento de nostalgia acompanhado pela audição da Rádio Orbital que consegue o prodígio de transformar uma balada chorosa num super mega hit de dança!]

 

Venho aqui falar de algo que se passou no início do mês, um evento incrível, que durou umas belas 4 horas e que dá pelo nome do Jogo das Cadeirinhas!

 

E agora perguntam vocês: O que é o Jogo das Cadeirinhas?

 

Apesar de ter um nome bastante inofensivo que remete para correrias entre prados verdejantes e papoilas escarlates, este jogo encerra um grau de desavergonhice total

 

O jogo é uma variante de um que já existe mas com bebida, só que quando se está pobre e a única coisa bebível nas redondezas é água faz-se esta variante [porque não nos vamos por a beber água para depois termos de ir à casa de banho 18 vezes por hora!]

 

Imaginem 10 pessoas, 9 pessoas sentadas e uma de pé! A que está em pé diz uma frase qualquer, do tipo, eu gosto de comer arroz! Quem gostar de comer arroz tem de se levantar e trocar de cadeira enquanto a pessoa que se encontra no meio tem de se sentar! Fácil e engraçado não é?

 

Agora imaginem jogar isto com uma mente perversa!

Digamos que na noite em que eu e mais 9 pobres almas jogamos ao Jogo das Cadeirinhas num certo acampamento em Aveiro descobriu-se quem ainda não tinha tomado banho desde que chegara, quem tinha fantasias com um chicote, quem já tinha libertado gases e negado, quem usava as casas-de-banho para outros fins....[e não, não é lavar a roupa da cama lol]

 

Enfim, foram 4 horas muito produtivas! Mas o melhor da noite foi encontrar-se uma nova função para o rebuçadinho de mentol! Mas isto já fica à vossa imaginação!

Música: Rádio Orbital
Lançado às alforrecas por Estagiário Farmacêutico às 16:03
Link do post | Empalha uma alforreca | Favoritiza a Alforreca

§Mais sobre a Alforreca

§Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

§tags

§ todas as tags

§Viagens Alforrecais

§Ajuda a Alforreca

§ Torna-te numa

blogs SAPO

§subscrever feeds