Todos nós temos um pouco de alforreca empalhada, apenas precisamos de a libertar!

§Pesquisa na Alforreca

Google

§Alforreca Patrocinada por:

§Empalhamentos Recentes

§ Mudanças

§ Um ano novo a estrear!

§ Ganga Preta!

§ Idade!

§ A tangerina do comboio!

§ Hoje estou triste!

§ Ouch!

§ Gimme!

§ !

§ Delírio na loja da tmn!

§Empalhamentos Antigos

§ Abril 2008

§ Janeiro 2008

§ Dezembro 2007

§ Novembro 2007

§ Outubro 2007

§ Setembro 2007

§ Agosto 2007

§ Julho 2007

§ Junho 2007

§ Maio 2007

§ Abril 2007

§ Fevereiro 2007

§ Janeiro 2007

§ Dezembro 2006

§ Novembro 2006

§ Outubro 2006

Quinta-feira, 26 de Outubro de 2006

doclisboa na Culturgest

Sim eu confesso, podem parar de torturar-me! Eu confesso que tenho uma doença horrivel que se chama Sindrome de Gamar-e-Fazer-um-Monte-Enorme-com-Todos-os-Papeluchos-que-se-Encontram-à-Frente!

Pois foi graças a esta doença que hoje à tarde resolvi arranjar companhia, e uma óptima companhia diga-se de passagem, e rumar para a Culturgest. Objectivo? Ir ver um dos documentários que incorporam o doclisboa 2006!

Confesso que ia completamente à sorte, porque não fazia a minima ideia do que ia ver, só sei que tinha o apelativo nome de Onze Burros Caem no Estômago Vazio. Posso dizer que desta vez a sorte sorriu-me porque o documentário era divertidissimo! O pano de fundo era uma aldeia em Trás-os-Montes onde os habitantes mais idosos falavam acerca de histórias onde o burro fosse a personagem principal. Obviamente que as conversas divagavam, sendo que a certa altura o burro ficava lá longe .  Verdadeiras pérolas foram algumas das canções que os idosos cantavam, um pouco fora de tom é certo , que eram simplesmente hinos à malícia e à perversidade, características que nós nunca iriamos associar a pessoas tão patuscas!

"O lenhador disse Ai que Carvalho tão grande, que Carvalho tão grande vê lá se não te fura a tripa. O piolho morreu afogado com tanto molho!"

Pronto havia uma das canções que era mais ao menos assim. Só digo que foi de furar a tripa a rir.

O documentário tinha legendas em inglês, mas se pensam que era para os estrangeiros perceberem desenganem-se! É que eu muitas vezes tinha de ler as legendas em inglês para perceber o que se dizia. É que os velhotes falavam em Mirandês!

Depois ainda exibiram o filme Cantai Cantigas que era uma recolha etnográfica das canções populares portuguesas. Este documentário pelo menos para mim foi um pouco mais aborrecido, porque além de ser mais longo as músicas eram mais austeras. No entanto o facto da senhora dizer que não cantava mais hoje e meio segundo depois estar a trautear nova melodia era simplesmente delicioso!

Sinto-me: Feliz
Música: Mafalda Veiga -Um pouco de Céu
Lançado às alforrecas por Estagiário Farmacêutico às 23:14
Link do post | Empalha uma alforreca | Favoritiza a Alforreca
|
3 comentários:
De Posh Boy a 27 de Outubro de 2006 às 16:49
LOL que real moca mesmo!!! velhos a falar mirandes deve ser lindooo. bem, cnfesso q axo piada xD
De Tiago Pereira a 1 de Novembro de 2006 às 14:42
Eu realizei esse filme, obrigado por ter gostado a musica não esta correcta é assim
Quando o meu menino foi feito tremia a cama e gemia o leito
respondeu-lhe o charagao bate bate que nao bates em vao
responderam-lhe as ripas tem cuidado não me furas a tripas repondeulhe o cantiado nunca vi tao grande carvalho respondeu-lhe o piolho ai de mim que me afogo em tanto molho
De Estagiário Farmacêutico a 2 de Novembro de 2006 às 09:24
Ah pronto obrigado pelo esclarecimento!
Tambem não tinha conseguido apanhar a canção toda devido à pronuncia e à minha falta de memória já internacionalmente reconhecida!
Mas gostei bastante do filme. Bom trabalho!

Comentar post

§Mais sobre a Alforreca

§Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

§tags

§ todas as tags

§Viagens Alforrecais

§Ajuda a Alforreca

§ Torna-te numa

blogs SAPO

§subscrever feeds